salada

Porque o Natal pode ser sinónimo de excessos alimentares, conheça as dicas alimentares para um maior equilíbrio da Neelvow, uma empresa indiana de produtos alimentares harmonizados com Reiki.

Segundo Vinay Garg, cofundador da Neelvow, em entrevista à página online do “The Times of India”, “existem estudos que demonstram que o tipo de comida que ingerimos afeta o nosso humor”.

O responsável explica ao diário indiano que “cada célula do nosso corpo foi criada a partir dos alimentos que comemos, da água que bebemos e do ar que respiramos. Além de nutrir os nossos corpos, a comida também afeta a qualidade das nossas vidas, a nossa aparência, humor, peso, energia, o processo de envelhecimento e a nossa saúde e bem-estar gerais”.

De facto, em 2012, um estudo da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria e da Universidade de Granada concluiu que pessoas que os consumidores de “comida de plástico” tinham mais 51% de propensão a desenvolver sinais de depressão do que as pessoas que raramente ou nunca consomem esse tipo de alimentos. A mesma investigação concluiu que quanto maior a quantidade de fast food ingerida, maior é o risco de depressão.

O impacto da alimentação no humor está também na origem do projeto Food and Mood (Comida e Humor), que procura sensibilizar para o tipo de alimentos que podem melhorar ou agravar a saúde mental.

Esta iniciativa conduziu um estudo com 200 participantes e constatou que, através de melhorias na sua dieta, 26% apresentaram melhorias ao nível da instabilidade emocional, 24% ao nível da depressão e 26% no que respeita aos ataques de pânico e à ansiedade.

Quando questionado se existe alguma prática alimentar positiva que as pessoas possam incorporar nas suas vidas, Vinay Garg sugere algumas dicas:

  • Não comer alimentos pesados à noite e comer pelo menos três horas antes de adormecer;
  • Não tomar o pequeno-almoço pode causar ansiedade e irritabilidade;
  • Mastigar devagar facilita a digestão e ajuda a manter o sistema imunitário saudável, o que contribui para uma mente mais positiva;
  • A pessoa que está a preparar a comida deve estar feliz e calma. Segundo o responsável, acredita-se que o bom humor e a atitude positiva do cozinheiro são transferidos para a o que comemos.

Foi a partir desta última crença que surgiu, em 2012, a Neelvow. A empresa indiana alega dedicar-se à produção e comercialização de sal e açúcar harmonizados energeticamente, através de Reiki, música, pirâmides e cristais de quartzo.

Que cuidados tem com a alimentação? De que forma o Reiki o ajuda a manter o equilíbrio, a esse nível? Conte-nos a sua experiência nos comentários.

Written by Reiki Studio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.