bambu
A planta do bambu é oca, reta, flexível, resistente e o recurso natural que se renova em menor intervalo de tempo. Estas qualidades fazem do bambu uma parte da simbologia do Reiki e uma inspiração para a sua prática.

No livro “Reiki Universal”, o Mestre de Reiki Johnny De’Carli aborda a simbologia do Reiki, nomeadamente o símbolo do Reiki.

De acordo com o autor, “o método Reiki tomou como símbolo da natureza o bambu que, pela sua simplicidade, resistência (quando verga), vazio, retidão e perfeição, pode representar metaforicamente o funcionamento da energia”.

O bambu é amplamente utilizado no Oriente para as mais diversas funções, como utensílios, fabrico de papel, construção de casas ou na produção de alimentos, por exemplo.

Esta planta tropical renovável é ainda muito eficiente na retenção de carbono e a espécie florestal com maior velocidade de crescimento e de aproveitamento por área. Produtos à base de bambu processado podem mesmo evitar a exploração de florestas tropicais.

Segundo Johnny De’Carli afirma na obra, “no Japão, o bambu é uma planta de bons auspícios ou de sorte. Pintar bambu é considerado não só uma arte, mas também um exercício espiritual”.

Também em algumas culturas africanas esta planta é o símbolo da “felicidade de viver sem doenças e preocupações”, remetendo para a observação de “como esta simbologia se relaciona com os Princípios do Reiki”.

Eis as principais qualidades do bambu que, segundo Jonnhy De’Carli, servem de exemplo ao praticante de Reiki:

1. A Flexibilidade

“O bambu é flexível, apesar de ser forte. Reverencia o vento que lhe toca quando sopra e dobra-se mostrando-nos que quanto menos se opuser à realidade da vida, mais resistente se tornará para viver em plenitude.”

2. A Força

“O bambu é forte, servindo para a construção de embarcações, móveis e construções, ou seja, todos os que receberam iniciação no método Reiki tendem a ficar fortes e resistentes.”

3. O Vazio

“Entre um nó e outro o bambu é oco, vazio, tal como o vazio é o espaço entre o céu e a terra, representando os que escolheram ser canais de energia Reiki, passando a funcionar nesse vazio como verdadeiros «tubos» direcionadores de energia.”

4. A Retidão

“A incomparável retidão do bambu, a perfeição da sua projeção para o alto, assim como os seus nós, que representam os diferentes estádios do caminho, simbolizam o objectivo do nosso itinerário interior, o nosso crescimento e a evolução em direção à meta”.

Written by Reiki Studio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.