Reiki: tudo o que um profissional de comunicação deve saber | Foto: Pexels

O Reiki é uma presença cada vez mais assídua nos media, à medida que vai conquistando relevância no campo da saúde e bem-estar. Contudo, porque nem sempre é fácil aceder a informação correta e credível, aqui fica um guia sobre o Reiki, as suas aplicações e as melhores fontes de informação sobre o método de Mikao Usui para jornalistas e produtores de conteúdos que queiram escrever sobre este tema.

O Reiki é simples, mas nem sempre se consegue explicar o que é de forma clara e objetiva. Mesmo passando pela experiência relaxante de sentir a energia a passar pelo corpo, como traduzir em palavras o que se sente?

Na verdade é fácil, e torna-se mais fácil ainda à medida que se aprofunda a prática, que se diversifica o leque de conhecimentos e que se compreende a essência do Reiki. É graças ao trabalho de profissionais e entidades comprometidos e isentos que o Reiki tem consquistado credibilidade e reconhecimento.

No entanto, sendo o Reiki uma prática integrativa cada vez mais disseminada e cujo ensino ainda não se encontra regulamentado, muitas vezes transmite-se informação incorreta ou interligada com os conceitos de outras práticas e crenças, pelo simples facto de que é a informação de que se dispõe no momento.

Por essa razão, para a correta explicação do que é o Reiki importa consultar fontes profissionais, experientes e credíveis, capazes de disponibilizar informação objetiva e atualizada.

1. Fontes de Informação

O Reiki é uma área de saber, e como em qualquer área de saber é importante recorrer aos especialistas para complementar e validar a informação que se recebe do entrevistado.

Mas quem são os especialistas do Reiki? Aqui fica uma lista de algumas das melhores fontes de informação, a nível nacional e internacional:

Portugal e Brasil:

Japão:

E.U.A.:

Inglaterra:

2. O que é o Reiki?

O Reiki pode ser explicado de uma forma muito simples: é uma terapia complementar de relaxamento e harmonização energética e um método de desenvolvimento pessoal desenvolvido por Mikao Usui no Japão, em 1922.

Consiste na canalização de energia terapêutica universal, através de uma técnica de toque suave, com o intuito de equilibrar e repor a energia no organismo, proporcionando um bem-estar integrado.

O Reiki é um método simples, mas completo, que inclui a vertente terapêutica, técnicas complementares e uma filosofia de vida simples e universal, com uma componente preventiva ao nível da saúde.

O método de Mikao Usui pode ser praticado e aprendido por qualquer pessoa. É prático e não invasivo, não possuindo qualquer conotação religiosa nem exigindo nenhum tipo de crença para ser praticado.

Os benefícios do Reiki começam a ser estudados pela ciência, à medida que o sistema de Mikao Usui começa a estar presente em cada vez mais unidades de saúde, como complemento dos cuidados de saúde aí prestados.

O Reiki é uma terapia complementar, ou seja, é um auxiliar do processo terapêutico que não se substitui, de forma alguma, aos cuidados de saúde especializados, nem é uma ferramenta de diagnóstico.

Embora ainda não estejam regulamentados em Portugal, a prática e o ensino do Reiki em Portugal já dispõem de um código de ética, da autoria da Associação Portuguesa de Reiki.

3. Erros Frequentes

Falso: “O Reiki é um tipo de massagem”
Verdadeiro: o Reiki pratica-se através de uma técnica de toque suave, que não envolve qualquer tipo de manipulação. Além disso, o recetor permanece totalmente vestido durante todo o tratamento.

Falso: “O Reiki é uma técnica de meditação”
Verdadeiro: o Reiki é um método de harmonização energética que se pratica através de um toque suave. A meditação está, contudo, presente no Reiki: a meditação Gassho é uma das técnicas complementares de Reiki.

Falso: “O Reiki foi criado por um monge cristão”
Verdadeiro: Mikao Usui era, ao que indicam as investigações realizadas no Japão, budista. Teve vários empregos, era casado e teve dois filhos.

Falso: “O Reiki é uma prática ancestral”
Verdadeiro: O Reiki foi desenvolvido em 1922, por Mikao Usui, na sequência e um retiro de 21 dias no Monte Kurama, no Japão.

Falso: “O Reiki é uma técnica de cura”
Verdadeiro: o Reiki é uma terapia complementar de harmonização, que atua para um maior relaxamento, bem-estar e autoconhecimento, auxiliando no processo terapêutico.

Falso: “O Reiki pratica-se com cristais”
Verdadeiro: o Reiki é uma prática integrativa, que pode ser praticada em simultâneo com outras terapias, como a cristaloterapia. Contudo, esta não faz parte do método de Usui.

Para mais informações, consulte também a lista de livros de Reiki recomendados pelo Reiki Studio Porto.

Written by Reiki Studio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.