Ler uma revista e tomar café: gestos típicos do quotidiano, aos quais se pode juntar a prática do Reiki | Foto: Pexels
Os princípios do Reiki são instruções simples, mas cuja aplicação prática se revela muitas vezes desafiante. Existem, contudo, formas simples de integrar os cinco princípios no dia-a-dia, rumo a uma maior realização pessoal.

As cinco instruções de Mikao Usui aos seus alunos são uma componente muito importante da prática do Reiki. Qualquer pessoa, praticante ou não praticante, pode adotar os cinco princípios, com benefícios ao nível da saúde e do bem-estar.

Contudo, a sua aplicação no quotidiano constitui muitas vezes um desafio, sobretudo nas sociedades ocidentais. O ritmo acelerado nem sempre cria condições para parar e refletir, pelo que, com o tempo, a prática fica esquecida ou não evolui muito.

O que fazer, então, para criar uma prática continuada e bem-sucedida? Eis algumas dicas simples:

1. Comece pelas coisas pequenas

A mudança começa pelas pequenas coisas, por isso, no início, pode aplicar primeiro os princípios de Reiki nos momentos mais simples e menos desafiantes.

Se se sente feliz na companhia de quem ama, pode exercitar a gratidão nesse momento agradável; se existe uma pequena coisa que o incomoda, como um carro que não para na passadeira, exercite a bondade nessa altura.

Estes pequenos gestos vão abrir caminho para que mais tarde seja possível aplicar de forma sustentada os cinco princípios nos grandes desafios, como sentir gratidão pela aprendizagem proporcionada por uma perda, abrandar o grau de preocupação com problemas graves, ser aplicado num trabalho que detesta ou descobrir a capacidade de ser gentil para com o seu maior inimigo.

2. Diversifique

Os princípios são gerais, mas podem ser aplicados em diferentes áreas. Experimente aplicá-los à sua relação consigo mesmo, no seio da família, no trabalho, com os seus animais de estimação, na prática do seu desporto favorito, no caminho para o emprego ou mesmo com estranhos.

Terá certamente experiências diferentes em cada contexto, que trarão uma aprendizagem mais vasta acerca de si próprio e da forma como a sua mudança interior influi nas diferentes áreas da sua vida.

3. Seja criativo

Se possível, seja criativo e torne a prática dos cinco princípios numa tarefa prazerosa. Existem muitas formas diferentes de promover a calma, a confiança, a gratidão, a honestidade e a gentileza.

Além de aplicar os princípios a situações do quotidiano, pode adotar actividades que promovam essas atitudes de forma positiva e que lhe tragam bem-estar e realização pessoal (ex.: Reiki ou Yoga promovem a calma e a confiança; o voluntariado promove a gratidão e a gentileza).

4. Crie um auxiliar de memória

Muitas vezes, é quando as coisas correm bem que o “trabalho de casa” fica esquecido. É uma das razões pelas quais muitas vezes os momentos de maior evolução pessoal estão associados a perdas.

Criar lembretes, recordando a si mesmo porque iniciou este caminho e o que já alcançou, pode ser uma boa forma de recuperar a força e de ter motivos para continuar.

5. Seja tolerante

Não seja demasiado exigente consigo mesmo. A prática dos cinco princípios é um caminho longo, que não se esgota. De cada vez que se adaptar a uma situação, outra vai surgir.

Se se esqueceu ou abandonou a prática, não se julgue nem fique frustrado. Muitas vezes não se recomeça porque se pensa “se da outra vez não consegui, porque é que desta vez vai ser diferente?”. A vida é impermanência e desta vez, mesmo que desista, será certamente por um motivo diferente – tudo é aprendizagem.

Cada recomeço é diferente e traz novas experiências. Ao tentar novamente comece devagar, com uma atitude positiva e sem demasiada exigência, respeitando os seus próprios limites.

 

Written by Reiki Studio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.